Dicas de saúde

Como fazer o Autoexame para Prevenção do Câncer de Mama

Como fazer o Autoexame para Prevenção do Câncer de Mama

Todo décimo mês do ano acontece o movimento Outubro Rosa, voltado para a conscientização e o controle do câncer de mama. Saiba mais sobre a campanha e como fazer o autoexame para detectar a doença.

Outubro Rosa: pela prevenção do câncer de mama

A campanha internacional Outubro Rosa surgiu na década de 1990. Seu objetivo é promover a discussão sobre câncer de mama, trazer mais informações às mulheres e estimular a realização do autoexame, para ajudar na detecção precoce da doença.

Além da prevenção, a campanha tem como foco reduzir a mortalidade das mulheres. Isso porque o câncer de mama é o segundo tipo que mais afeta as mulheres de todo o mundo, só atrás do câncer de pele.

O Outubro Rosa é uma oportunidade para instituições, empresas e a sociedade em geral falarem sobre a doença sem preconceitos.

Passo a passo para fazer o autoexame

Quanto mais cedo for detectado, maiores são as chances de cura do câncer de mama. Também é possível escolher o melhor tratamento para a mulher. Por isso, fique alerta e faça o autoexame.

Lembre-se que não é preciso conhecer nenhum tipo de técnica para a sua realização. Confira o passo a passo para realizar o autoexame na sua casa:

1) Escolha um ambiente onde você se sinta confortável. Pode ser na hora do banho, em frente ao espelho ou deitada.

2) Apalpe as mamas com movimentos circulares. Faça a operação com os braços caídos e depois levantados. Apalpe também a região das axilas e do pescoço.

3) Verifique se há algum sinal de alteração, dolorida ou não, como um nódulo ou caroço.

4) Verifique se a pele da mama apresenta algum inchaço, lesão, vermelhidão ou se está com aspecto semelhante ao da casca de laranja.

5) Observe se há alguma alteração no mamilo ou saída de secreção.

O autoexame é indicado para mulheres a partir dos 20 anos, após a menstruação. Ao identificar qualquer nódulo, lesão ou alteração procure por um médico.

É importante lembrar que o autoexame não substitui a mamografia, indicada para detecção do câncer de mama. No entanto, é uma forma de perceber possíveis mudanças no corpo. Às mulheres com mais de 50 anos de idade é recomendada a realização da mamografia de rastreamento a cada dois anos.

Fatores de risco para o câncer de mama

O câncer de mama é uma doença multifatorial, ou seja, não existe apenas uma causa para que ocorra. Porém, alguns fatores de risco aumentam as chances da doença:

• Ter alguém na família que já teve a doença;

• Mulheres a partir dos 50 anos;

• Obesidade;

• Reposição hormonal pós-menopausa;

• Abuso de bebidas alcoólicas e cigarro.

A prevenção que pode salvar vidas

Uma dieta equilibrada, o controle de peso e atividades físicas são práticas importantes para prevenir esta e outros tipos de doença.

Lembre-se que para prevenir o câncer de mama é preciso ter um tempo para cuidar de si mesma. Por isso, conheça seu corpo, realize o autoexame e consulte o ginecologista regularmente!