Dicas de saúde

Exercícios físicos combatem a obesidade e previnem mortes prematuras

Exercícios físicos combatem a obesidade e previnem mortes prematuras

Os benefícios em fazer dos exercícios físicos um hábito vão além do simples controle de peso. A longo prazo, segundo orienta o Ministério da Saúde, é possível reduzir o risco para doenças cardiovasculares, controlar a pressão arterial e o açúcar no sangue, aumentar a resistência do sistema imunológico, melhorar a qualidade do sono e a capacidade respiratória. A prática do exercício físico também é capaz de:

• Corrigir a postura, pois fortalece a musculatura (exercícios localizados, inclusive abdominais).
• Evitar a insônia. O responsável pelo benefício é a endorfina, hormônio liberado pela atividade física que proporciona bem-estar geral ao longo de todo o dia.
• Prevenir o diabetes, pois inibe a superprodução de insulina.
• Diminuir os riscos do câncer de mama, pois diminui os níveis de estrogênio, hormônio ligado ao câncer de mama.
• Ajudar no combate à depressão, bloqueando os receptores relacionados à dor. Quanto menos receptores de dor, menos depressão.
• Construir massa óssea em decorrência do impacto sobre os ossos, prevenindo e combatendo a osteoporose.

O maior ganho, no entanto, é ter a vida prolongada, já que a prática previne mortes prematuras ou desnecessárias.

Excesso de peso e obesidade crescem no Brasil

A parcela de brasileiros com excesso de peso cresceu 26,3% em dez anos, de acordo com a pesquisa Vigitel de 2016 – inquérito telefônico realizado anualmente pelo Ministério da Saúde em todos os Estados e no Distrito Federal com o objetivo de traçar um panorama dos comportamentos de risco para doenças crônicas não transmissíveis. Em 2006, 42,6% da população brasileira apresentava excesso de peso. Em 2016, o número saltou para 53,8%.

Quando o assunto é obesidade, o cenário piora: em dez anos houve um aumento de 60%. Em 2006, dados da pesquisa indicavam que 11,8% da população brasileira era obesa. Em 2016, o percentual subiu para 18,9%. No caso da obesidade, verificou-se ainda que a prevalência duplica a partir dos 25 anos.

Cresce a prática de exercícios físicos no tempo livre

Se por um lado os indicadores de excesso de peso e obesidade preocupam as autoridades da saúde, por outro observa-se um avanço na prática de exercício físico no país. Em 2009, o indicador era 30,3%. Em 2016, subiu para 37,6%. A prevalência, contudo, diminui com a idade, sendo mais frequente entre os jovens de 18 a 24 anos.

Dicas para começar a praticar exercícios físicos

Antes de começar a se exercitar, consulte um médico para checar a saúde do seu coração e adequar o tipo, a frequência e a intensidade do exercício ao seu estilo de vida e idade. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 150 minutos de exercícios aeróbicos moderados durante a semana, podendo ser divididos em:

• 30 minutos, 5 vezes por semana.
• Caminhada, corrida, bicicleta e/ou natação.

A mudança e inclusão de pequenas atitudes no dia a dia podem ajudar a fortalecer o hábito dos exercícios físicos. Portanto, experimente:

• Levar o cachorro para passear.
• Evitar ficar muito tempo sentado.
• Andar até os locais de compromissos. Ou, estacionar o carro um pouco mais longe para caminhar uma distância razoável.
• Subir escadas e deixar o elevador para casos realmente necessários.
• Caminhar na hora do almoço.
• Cuidar do jardim.
• Praticar esportes.
• Caminhar a passos rápidos.
• Escolher uma atividade física que realmente lhe dê prazer.
• Caminhar com familiares e/ou amigos.
• Caminhar sempre que puder.
• Diminuir o tempo em frente à televisão.
• Evitar ficar muito tempo parado.

Localizado no Tucuruvi, zona norte de São Paulo, o Hospital Presidente conta com oncologistas clínicos e cirúrgicos em sua equipe prontos para ajudá-lo em qualquer necessidade. Tem também Pronto Atendimento Adulto e Infantil que funciona 24 horas por dia. Para mais informações, ligue para (11) 2261-6611.

Leia também: